Roteiro Tatuapé – Centro de SP

Que andar nas ruas de São Paulo não é fácil, todo mundo sabe. Andar de bicicleta e viver esta experiência é diferente.

Carros, motos, ônibus e caminhões disputam o pouco espaço e as péssimas vias que temos na cidade. Obviamente não sobra espaço para as biciletas. No entanto, vale deixar minha experiência de ter percorrido hoje o trajeto do Tatuapé até a Praça da República, no centro de São Paulo. Ver a cidade e seus problemas em cima de uma bike é algo muito diferente.

Iniciei meu trajeto pelas ruas do parque São Jorge até a Av Salim Farah Maluf, onde cruzei para o bairro do Belém. Até aí nenum problema pois segui por vias secundárias. Cruzei a radial Leste, sentido bairro da Mooca, tradicional reduto italiano. Segui em frente até o ponto onde não tive como me livrar, entrar na Radila Leste. Realmente um lugar horrível para bicicletas.

Finalmente chegando ao Parque Dom Pedro, muito transito e nenhuma facilidade para cruzar as vias. Subí pela Senador Queiroz, cruzei a rua Santa Efigênia até chegar no largo do Auroche. Passei pela boca do lixo de São Paulo como todo tipo de problemas que uma grande cidade tem.

Cheguei na Praça da República. Segui adiante pela Av São Luiz, onde parei para descansar um pouco e retornar para casa.

O retorno foi tão tenso quando a ida seguindo pela Praça da Sé, descendo pro Glicério, cruzando para a Mooca novamente e atravessando-a até chegar no Tatuapé.

Tempo total: 2h17
Distância: 30 km

Esta rota não é recomendada para quem tem receio dos veículos muito próximos à bike. Fiz questão de andar exclusivamente pela rua, do lado direito e sempre pela mão certa. Nunca na contra-mão.

Roteiro:

Esta entrada foi publicada em Treino. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a Roteiro Tatuapé – Centro de SP

  1. Marcello O. Franco disse:

    Olá meu amigo. De vez em quando faço este trajeto, mas vou até somente a Praça da Sê.
    Vou pelo Belém até chegar ao largo da concórdia. Lá pego a ponte com calçada mais larga, apesar da ciclofaixa que fizeram com a ponte que fica logo no largo da Concórdia. Após cruzar os trilhos ,caio na Rangel Pestana( calçadas largas e seguras) e depois vou até o Pq Dom Pedro II e atravesso o Tamanduatei na passarela de pedestre( empurrando a bike). Então subo a Rangel Pestana em primeira marcha e chego a Sê.
    Demora mais,mas eh mais seguro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>