Compras no Chile

Quem vem ao Chile, vai se surpreender com os preços de várias linhas de produtos. Eletrônicos são os principais mas em outras linhas como carros também tem diferenças enormes de preços.

Isso ocorre pois aqui há apenas um imposto para o comércio de 19%. O resultado é um preço muito menor na hora de compra. Outro resultado disso é baixa ou quase irrisória sonegação.

Aqui, se você entra numa quitanda, de fundo de quintal para comprar uma água mineral de $ 600 (US$ 1,20), você recebe uma nota fiscal, chamada de boleta. Sempre brinco, que se você não pega a nota, o comerciante não consegue domir direito.

Essa é a prova que organização fiscal pode sim mudar a realidade de muita gente, reduzindo muito o acesso ao consumo das classes mais baixas. Sem necessidade de dar esmola para elevar, melhorar estatísticas e conseguir re-eleição.

Quem sabe, algum dia, o Brasil muda política tributária. Espero ainda estar vivo pra ver isso.

Bom, enquanto isso, vou comprar uma bike nova aqui, pela metade do preço do Brasil.

LE4600

Esta entrada foi publicada em Viagens e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a Compras no Chile

  1. Thiago Alencar disse:

    Nossa cara, preciso muito de sua dica.

    Vi uma dobravel tern link d8 lá por 1300 reais na distribuidora e aqui no brasil tá quase 3 mil reais. Pensei em ir lá buscar uma e queria saber se há taxação aqui quando desembarcamos no Brasil ou se é de boa pra trazer?

    Poderia me dar uma dicas sobre isso?

    Grato

    Thiago Alencar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>